quinta-feira, 15 de maio de 2008

Uma iniciativa humanista ou um estratégia de marketing?

Por Andreia Azevedo

A propósito dos post´s anteriores:

Colegas, nem só de desgraças vive o mundo. Felizmente!
Enquanto uns querem colocar a sua marca no mundo estampada em notas de 500 euros, (quantas mais melhor) outros há que se libertam de um ego limitado, para dar ao mundo o valor mais precioso que existe (pelo menos para mim): sabedoria. E isso não se compra, conquista-se!
Sim, eu ainda sou uma idealista, ainda tenho "o sangue da juventude a ferver-me nas veias" (frase da Madalena, creio!). Não acredito que seja o tempo que apaga os ideais, mas sim as opções que vamos fazendo perante as adversidades que vão surgindo.
Há que vencer!
Mas deixemo-nos de filosofias...

-----------------------------------------------------------

Este post serve para fazer referência a um projecto que considero muito interessante, mas que ainda coloco alguns pontos de interrogação...
Saiu a quando do Dia Mundial do Livro uma edição exclusiva Fnac/Teorema, de seu nome: O Prazer da Leitura.
Trata-se de uma série de contos de vários autores, entre os quais o nosso professor, Rui Zink.
É dada na capa a indicação dos editores: Teorema e Fnac (no caso da fnac, acrescenta-se ainda a referência aos 10 anos).
Na contracapa, os leitores são informados que o custo total do livro reverte a favor da AMI (4 euros é o custo).
Muito bem! A partida parece-me uma iniciativa de cunho bastante humanista e de louvar. Mas, tenho uma pergunta que gostaria de dirigir em especial ao professor.
Falamos diversas vezes nos prémios enquanto estratégia de marketing, onde o vencedor é quem atribui o prémio.
Neste caso, posso pensar esta edição como um modo de propaganda?
Confesso que as aulas de teoria e de técnicas contribuiram para um aumento da desconfiança...
Se bem que, propaganda ou não, eu fui para casa duplamente satisfeita. Ajudei ( mas a quem?) e ainda me ri bastante com certos contos!

É caso para dizer: por vezes, a verdade tem muitas faces.

5 comentários:

Dinis Lapa disse...

A resposta é óbvia: as duas coisas. Duas faces da moeda. Juntar o útil ao agradável.

Não?

Drekas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Drekas disse...

Dinis,

Inicialmente também pensei assim.
Mas depois, veio a fase das interrogações...
Por que é que aqui são as duas partes e nos ex. que foram tratados em aula, não?

Sabes que as aulas do Zink e o anúncio do Pingo Doce dão que pensar :p

Ou então é o meu trabalho sobre as mudanças editoriais que me está a afectar profundamente e a despertar um lado mais desconfiado, quiça "paranóico".

Ana disse...

Um prémio literário beneficia mais quem o promove do que quem o recebe. Isto não quer dizer que quem o recebe não tire daí proveito... O mesmo se passa aqui, parece-me.
Quanto aos anúncios do Pingo Doce, não me pronuncio, que sempre gostei muito da Rita Blanco

Anónimo disse...

… Unbelievable , but I just found software which can do all hard work promoting your cadernoteoriadaedicao.blogspot.com website on complete autopilot - building backlinks and getting your website on top of Google and other search engines 1st pages, so your site finally can get laser targeted qualified traffic, and so you can get lot more visitors for your website.

YEP, that’s right, there’s this little known website which shows you how to get to the top 10 of Google and other search engines guaranteed.

I used it and in just 7 days… got floods of traffic to my site...

…Well check out the incredible results for yourself -
http://magic-traffic-software.com

I’m not trying to be rude here, but I believe when you find something that finally works you should share it…

…so that’s what I’m doing today, sharing it with you:

http://magic-traffic-software.com

Take care - your friend Jennifer